Tratamentos Odontológicos

Endodontia

A endodontia é a especialidade da odontologia que trata da prevenção, diagnóstico e cura das doenças da polpa. A polpa dental é o tecido localizado no interior da cavidade do dente e é composta pela câmara pulpar e pelo canal radicular. O tratamento endodôntico é popularmente conhecido como "tratamento de canal".

A Causa

A cárie é a causa mais comum da inflamação pulpar. Dentre outras causas e fatores que podem levar à realização do tratamento endodôntico, podemos citar os traumatismos dentários, inflamação da polpa proveniente de problemas periodontais, indicação profética, abrasões dentárias, entre outras.

Os sintomas mais característicos

O mais comum é a ocorrência de dor espontânea, de forma latejante, e que aumenta com o calor ou frio. Neste caso, a polpa ainda está viva, porém com uma inflamação irreversível, e o uso de analgésicos não resolve. Já quando há morte da polpa e formação de abscesso (acúmulo de pus), geralmente a dor é bem localizada e há dor ao mastigar, sensação de "dente crescido".

O tratamento

Quando a polpa dentária encontra-se inflamada irreversivelmente, infectada ou necrosada, é necessário realizar o tratamento endodôntico, que consiste na remoção da polpa dental doente, modelagem do canal e obturação do espaço antes ocupado por ela. Após o tratamento concluído, o dente necessitará de uma restauração ou prótese para voltar a sua forma e funções normais.

É muito importante o controle radiográfico, que deve ser feito de 3 a 6 meses após o término da endodontia, para avaliar o sucesso do tratamento.

Hoje em dia o tratamento endodôntico pode ser feito em uma única sessão, com qualidade, tranquilidade e segurança.

Sessão Única

O tratamento endodôntico em sessão única foi por muito tempo tema de discussão entre as diversas escolas de endodontia, principalmente em relação a dentes portadores de polpa